FCR Law News

Haddad quer reforma tributária aprovada no Congresso até outubro

Os principais jornais registram declarações dadas ontem pelo ministro Fernando Haddad sobre a reforma tributária. Em evento organizado pelos jornais Valor Econômico e O Globo, o ministro reforçou o cronograma considerado pelo governo para a aprovação da mudança no sistema de impostos sobre consumo: votação até julho na Câmara e até outubro no Senado. Segundo ele, não haverá mudanças no Simples e não está no radar do governo criar um imposto sobre movimentações financeiras na linha da extinta CPMF. Para o cenário pós-aprovação dessa parte da reforma tributária, Haddad disse que o governo trabalhará por uma reforma do Imposto de Renda e sobre as cobranças relativas à folha de pagamento. O ministro lembrou ainda que segue como promessa de campanha a tributação de lucros e dividendos.

  • 1. Haddad quer reforma tributária aprovada no Congresso até outubro. Leia Mais
  • 2. Supremo afasta IR sobre doação ou herança tributada por ITCMD. Leia Mais
  • 3. Justiça do Trabalho condena empresas com base na LGPD. Leia Mais
  • 4. Empresa é proibida de fabricar luminária por quebra de patente. Leia Mais
  • 5. Operações de ITCMD recuperam R$ 100 milhões em São Paulo. Leia Mais

Dúvidas? Entre em contato

Inscreva-se para receber atualizações por e-mail.

Nós respeitamos sua privacidade