Pequenas empresas fora do Simples podem ser aliviadas em reforma do IR

Uma nova alteração na reforma do Imposto de Renda pode estar a caminho, segundo indica reportagem do jornal O ESTADO DE S. PAULO. De acordo com reportagem publicada nesta quinta-feira, mesmo com a decisão já tomada de manter isentas as empresas optantes do Simples Nacional, há micro e pequenas empresas que não estão enquadradas nesse regime, pois têm como sócios outras empresas ou instituições financeiras – geralmente são tributadas pelo regime do lucro presumido. A ideia, portanto, é ampliar a faixa de isenção desse grupo de empresas (cerca de 800 mil, segundo estimativa citada pelo jornal). “Um dos valores em discussão é de R$ 25 mil, mas fontes da equipe econômica afirmam que ainda não foi batido o martelo e diferentes simulações estão sendo feitas entre os técnicos”, aponta a reportagem.

Ontem, como informam os principais jornais, o deputado Celso Sabino, relator da reforma no IR, afirmou publicamente que seu parecer irá de fato propor a isenção de dividendos a todas as empresas optantes do Simples. O parlamentar também afirmou que, para as demais companhias, está em avaliação a ampliação da faixa de isenção inicialmente estabelecida em R$ 20 mil mensais.

Sobre a reforma tributária, reportagem na FOLHA DE S.PAULO informa que, segundo o deputado Luiz Carlos Motta, relator da primeira etapa da reforma proposta pelo governo, no início de agosto irá apresentar ao ministro Paulo Guedes e à Receita Federal a conclusão das reuniões que vem mantendo com representantes de dezenas de setores econômicos. “Segundo o deputado, há chances, de fato, de flexibilizar a alíquota de 12% da CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços), que unifica PIS e Cofins, inclusive com tratamento diferente para indústria e serviços”, anota o jornal. Fonte: Jota

  • 1. Revisão de valores do ITR volta a ganhar fôlego. Leia Mais
  • 2. Pequenas empresas fora do Simples podem ser aliviadas em reforma do IR. Leia Mais
  • 3. Moraes anula decisão trabalhista de R$ 46 bi imposta à Petrobras. Leia Mais
  • 4. TRF de São Paulo mantém ICMS no cálculo. Leia Mais
  • 5. Receita reduz valor de créditos de PIS e Cofins sobre insumos. Leia Mais

Dúvidas? Entre em contato

Inscreva-se para receber atualizações por e-mail.

Nós respeitamos sua privacidade

Inscreva-se para receber atualizações por e-mail.

Nós respeitamos sua privacidade

FCR Law – Fleury, Coimbra & Rhomberg Advogados é um escritório de advocacia dinâmico que assessora empresas nacionais e internacionais, empreendedores e investidores nos ramos mais importantes do direito brasileiro. Nós buscamos proporcionar um serviço de alto nível de qualidade e estabelecer relações de longo prazo com nossos clientes e parceiros. Nossa gama de clientes abrange desde start ups tecnológicas até fabricantes internacionais e instituições financeiras.

FCR Law está trabalhando para manter nossos clientes informados e disponibilizar os nossos serviços para auxiliar as empresas neste momento difícil.

Eduardo Fleury, Sócio Fundador

FCR Law – Fleury, Coimbra & Rhomberg Advogados

Rua do Rocio 350, 10º andar

Vila Olímpia, São Paulo – Brasil

+55 11 3294-1600

info@fcrlaw.com.br

Copyright FCR Law 2021 © Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Tarrafa Digital Studio