FCR Law News

Reforma vai reduzir carga tributária de parte das empresas de capital aberto

O jornal VALOR ECONÔMICO apresenta, em reportagem, dados levantados pelo banco Santander em levantamento junto a 114 empresas de capital aberto, divididas por 15 setores, a respeito do impacto da reforma tributária sobre a carga de impostos a ser suportada por elas. Segundo a instituição, essas companhias sofreriam um “efeito heterogêneo”, mas, no todo, a carga tributária permaneceria a mesma (9% da receita bruta). O levantamento, entre outros fatores, considera que a reforma, se aprovada, instituirá um IVA de 25%. Segundo anota o jornal, as empresas do setor de tecnologia, mídia e telecomunicações (TMT) deverão ter uma das maiores reduções de carga, “com tributação indireta que cai de 29% para 12% da receita bruta”. Já entre os que pagarão mais imposto estão “o setor de investimentos imobiliários, instituições financeiras, saúde e educação”. (…) Fonte: Jota Matinal

  • 1. Reforma vai reduzir carga tributária de parte das empresas de capital aberto. Leia Mais
  • 2. Justiça autoriza ICMS no cálculo de créditos de Cofins. Leia Mais
  • 3. Condomínios vencem disputa contra bancos. Leia Mais

Dúvidas? Entre em contato

Inscreva-se para receber atualizações por e-mail.

Nós respeitamos sua privacidade